RELAÇÃO ENTRE A QUALIDADE DA INFORMAÇÃO RECEBIDA E O NÍVEL DE DESEMPENHO INDIVIDUAL NOS PROCESSOS ORGANIZACIONAIS: UMA INVESTIGAÇÃO JUNTO AOS PROFISSIONAIS CONTÁBEIS

  • Ricardo Adriano Antonelli Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Ana Claudia Afra Neitzke Universidade Federal do Paraná
  • Cicero Aparecido Bezerra Universidade Federal do Paraná
  • Simone Bernardes Voese Universidade Federal do Paraná

Resumo

O cenário contemporâneo é balizado por um intenso fluxo de informações, o que imprime uma característica ímpar ao mercado de negócios mundial. Com efeito, as atividades desempenhadas pelos profissionais da contabilidade recebem impactos diretos das informações geradas pelas operações. Esta pesquisa foi desenvolvida no intuito de investigar a relação entre a qualidade da informação recebida pelos profissionais contábeis e o nível de desempenho individual nos processos organizacionais. Para tanto, conduziu-se um estudo junto aos profissionais da contabilidade, com formação base em Ciências Contábeis, situados no Estado do Paraná. O instrumento adotado para coleta de dados foi um questionário estruturado, parcialmente adaptado de modelos teóricos já validados pela literatura, sendo aplicado por intermédio da plataforma eletrônica SurveyDox®. O instrumento captou a percepção dos indivíduos por meio de uma escala adaptada do tipo Likert de 0-10 pontos (variando entre discordo totalmente e concordo totalmente). A análise dos dados foi de natureza quantitativa, sendo empreendida mediante execução de estatísticas descritivas, teste Kruskal-Wallis e correlação canônica. A partir do modelo de correlação canônica foi possível constatar uma relação entre a qualidade da informação recebida e o desempenho no nível dos processos, contudo, outros fatores, que não extensivamente capturados pelo modelo teórico adotado, também impactam nesta relação. Esses achados promovem reflexões que distendem a própria lógica dos estudos sobre o sucesso do sistema de informações, pois que sinalizam que as representações mentais dos indivíduos sobre a qualidade podem provocar a falência do sistema, mesmo quando do investimento sumário em tecnologia da informação.

Biografia do Autor

Ricardo Adriano Antonelli, Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Doutorando em Contabilidade no Programa de Pós-Graduação de Contabilidade (PPGCONT) na Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestre em Contabilidade e Finanças pela UFPR. Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Pato Branco (UTFPR). Bacharel em Informática pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Especialista em Desenvolvimento para Ambiente de Internet utilizando Orientação a Objetos, Java e Banco de Dados pela UTFPR. Experiência nas áreas de Tecnologia da Informação e Ciências Contábeis, com ênfase em contabilidade gerencial, sistemas de informações contábeis, análise financeira, implantação de sistemas de informação, programação Java. Perito Judicial há mais de cinco anos de atuação em causas cíveis.
Ana Claudia Afra Neitzke, Universidade Federal do Paraná

Doutoranda em Contabilidade, na linha de Contabilidade e Controle Gerencial, pela Universidade Federal do Paraná - UFPR (2015-atual). Mestrado em Contabilidade, pela Universidade Federal do Paraná. Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Bolsista Capes/ Doutorado em Contabilidade - UFPR (2015-atual). Foi professora da Universidade Federal do Rio Grande - FURG, no período de 2012 a 2013. Tem experiência profissional em assessoria à Micro e Pequenas Empresas.

Cicero Aparecido Bezerra, Universidade Federal do Paraná

Possui graduação em Informática pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (1992), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2001), doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007) e estágio pós-doutoral em Gestão Estratégica da Informação e do Conhecimento pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2012). Atualmente é professor Associado nível I da Universidade Federal do Paraná. Tem experiência em Informática, com ênfase em Sistemas de Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: Sistemas de Informação, Gestão da Informação, Gestão do Conhecimento e Análise de Dados.

Simone Bernardes Voese, Universidade Federal do Paraná

Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade do Vale do Itajaí (1996), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999) e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal do Paraná lotada junto ao Departamento de Contabilidade e professora e pesquisadora do PPG Mestrado e Doutorado em Contabilidade da Universidade Federal do Paraná, atuando principalmente na área de controle gerencial. Também leciona e pesquisa sobre os temas: gestão de custos, terceiro setor, sustentabilidade e avaliação de desempenho.

Publicado
2018-09-03