AVALIAÇÃO HIERÁRQUICA DA INFLUÊNCIA DO PAÍS, SETOR E EMPRESA NA EVIDENCIAÇÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA

  • Rômulo Alves Soares Universidade Federal do Ceará - Faculdade de Economia, Administração, Atuárias e Contabilidade
  • Mônica Cavalcanti Sá de Abreu Universidade Federal do Ceará - Faculdade de Economia, Administração, Atuárias e Contabilidade Av. Da Universidade, 2470 – Benfica – Fortaleza – CE 60.020-180 http://orcid.org/0000-0001-9408-5604
  • Pedro de Barros Leal Pinheiro Marino Universidade Federal do Ceará
  • Silvia Maria Dias Pedro Rebouças Universidade Federal do Ceará – Faculdade de Economia, Administração, Atuárias e Contabilidade - Departamento de Administração Av. Da Universidade, 2470 – Benfica – Fortaleza – CE 60.020-180

Resumo

O estudo realiza uma avaliação hierárquica da influência do sistema nacional de negócios (SNN), setor industrial e fatores associados ao desempenho financeiro da empresa na evidenciação de responsabilidade social corporativa (RSC). Adota-se os pressupostos da teoria institucional para investigar a influência do sistema nacional de negócios na evidenciação de práticas sociais e ambientais em empresas provenientes dos setores de materiais básicos, de operações de petróleo e gás e de utilidade pública. O estudo analisa 264 observações provenientes de empresas que possuem ações negociadas nas bolsas de valores do Brasil (BM&FBovespa) e do Canadá (Toronto Stock Exchange). Foi realizado um estudo longitudinal, adotando-se estatística descritiva e estimação econométrica com modelo hierárquico. Os resultados indicam que o percentual da variância da evidenciação de RSC é explicada pelo nível do SNN, seguido dos fatores associados ao desempenho financeiro das empresas. A pesquisa reforça a necessidade de os gestores avaliarem as características que moldam o sistema nacional de negócios ao estabelecerem suas estratégias relacionadas à evidenciação de responsabilidade social corporativa.

Biografia do Autor

Rômulo Alves Soares, Universidade Federal do Ceará - Faculdade de Economia, Administração, Atuárias e Contabilidade

Mestre em Administração e Controladoria pela Universidade Federal do Ceará

Professor Substituto na Universidade Federal do Ceará – Faculdade de Economia, Administração, Atuárias e Contabilidade - Departamento de Administração

Mônica Cavalcanti Sá de Abreu, Universidade Federal do Ceará - Faculdade de Economia, Administração, Atuárias e Contabilidade Av. Da Universidade, 2470 – Benfica – Fortaleza – CE 60.020-180
Bolsista de Produtividade do 1D CNPq, Prof. Associado III na Universidade Federal do Ceará, Pós-Doutorado na University of Cambridge (UK), Doutorado em Engenharia de Produçãi na UFSC, Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos na UFRJ, Graduação em Engenharia Química na UFC.
Pedro de Barros Leal Pinheiro Marino, Universidade Federal do Ceará

Mestre em Administração e Controladoria pela Universidade Federal do Ceará

Servidor Técnico- Administrativo da Universidade de Brasília – Campus Universitário Darcy Ribeiro, Prédio da Reitoria, Decanato de Planejamento e Orçamento, Brasília - DF

Silvia Maria Dias Pedro Rebouças, Universidade Federal do Ceará – Faculdade de Economia, Administração, Atuárias e Contabilidade - Departamento de Administração Av. Da Universidade, 2470 – Benfica – Fortaleza – CE 60.020-180

Possui doutorado em Estatística e Investigação Operacional pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (2011), Mestrado em Gestão Empresarial pela Faculdade de Economia da Universidade do Algarve (2007) e Licenciatura em Matemática Aplicada e Computação, no ramo de especialização de Probabilidades e Estatística, pelo Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa (2001). Atualmente está em Pós-Doutorado na Universidade do Algarve, em parceria com a Universidade de Salamanca. É professora adjunta na Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (FEAAC) da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Publicado
2018-09-03